Para quem vive na periferia da cidade de Lisboa, a passagem na segunda circular – uma das artérias mais movimentadas da capital – faz parte do ritual de todos os dias. Passado o Colombo, lá se vê uma escola em forma de barco, cujas letras azuis servem de apresentação: Escola Superior de Comunicação Social (ESCS). Poucos sabem que é lá que se formam muitos profissionais de referência na área da comunicação. Sabe tudo sobre a Escola Superior de Comunicação Social (ESCS) do Politécnico de Lisboa.

“Toda a gente conhece a ESCS. Nem que seja por ser aquela escola da segunda circular. Só quando verdadeiramente começamos a pensar na entrada no ensino superior é que percebemos que é muito mais do que um edifício erguido sobre a 2.ª circular”, conta Bernardo Ribeiro, aluno do 1.º ano da licenciatura em Publicidade e Marketing.

Para além da licenciatura e mestrado em Publicidade e Marketing, a escola apresenta também mestrados e licenciaturas nas áreas do Audiovisual e Multimédia, Jornalismo e Relações Públicas/Comunicação Empresarial. Os seus equipamentos, de que são exemplo os estúdios de televisão e de rádio, salas de edição e pós-produção de vídeo, ou ainda laboratórios multimédia e de informática permitem o contacto com as mais recentes ferramentas do mundo da comunicação. Aqui, as câmaras servem para contar outro tipo de histórias.

  ESCS 02 1140

Marcar a diferença

A articulação com várias empresas facilita a existência de uma ligação entre a via académica e profissional. Provam-no a ligação a entidades de reconhecido mérito como a SP Televisão, a RTP ou a consultora de comunicação LPM.

Ao sucesso dos alunos, muitos do quais galardoados com vários prémios nacionais e internacionais, também não é alheia a existência de um corpo docente de excelência, no ativo em empresas do setor. A título de exemplo, os alunos de Jornalismo podem contar com aulas lecionadas por Ana Leal, Grande Repórter da TVI, ou Francisco Sena Santos, voz marcante da rádio em Portugal.

Uma viagem ao interior do Politécnico de Lisboa

Por Rúben de Matos Conhece as características que distinguem o Politécnico de Lisboa e as suas oito escolas superiores. Da dança à música, teatro e cinema, passando pela educação, comunicação, ciências da saúde, engenharia e ciências empresariais, no Politécnico de Lisboa há espaço para todas as áreas e gostos.

Das três décadas de história, fica uma frase célebre que quem frequenta diariamente a ESCS encontra logo à entrada do edifício. “Se formos apenas mais uma escola, seremos uma escola a mais”, disse António Pinto Leite, primeiro Presidente da Escola. Os que por cá passam, dizem que sentem a diferença. Apresentadas as coordenadas, cada um tem as ferramentas para manter o seu barco no mar.

 ESCS 03 1140

Núcleos, o coração da ESCS

Desde o primeiro dia que os alunos podem colocar as mãos na massa. Os núcleos – o “coração da ESCS”, como de forma unânime reconhecem os alunos – representam para muitos o primeiro contacto com a realidade da profissão. Da ESCS FM (rádio online), passando pelo E2 (programa de televisão da ESCS transmitido na RTP2), ou a Bright Lisbon Agency (a primeira Júnior Empresa em Portugal especializada na área da Comunicação), a participação é aberta a todos os estudantes.

 

Para saber mais, visita: escs.ipl.pt.

 

Ao longo dos próximos dias, fazemos uma viagem pelas escolas e institutos superiores do Politécnico de Lisboa. Fica atento às novidades em forum.pt!